Postagens Recentes
Conecte a minha lista para receber publicações.

Ano Novo, Vida Nova?

Mais um ano termina, mais um ciclo sendo fechado. Para muitos essa é uma época de reflexão, motivação, entusiasmo, comemoração, novos planejamentos. Época de traçar novas metas, avaliar as metas traçadas no início deste ano, fazer uma análise das metas conquistadas e das que não foram possíveis de alcançar.


A cada dia, a cada nascer do sol, temos uma nova chance de fazer diferente, de fazer a diferença. Esse é um fato que a maioria das pessoas facilmente se esquece. A correria das tarefas e obrigações diárias nos faz sequer lembrar esta oportunidade que temos de recomeçar a cada amanhecer. A passagem de um ano para o outro é um acontecimento que promove em muitos o desejo de mudança, transformação e concretização de sonho(s).


Escuto muitas pessoas dizerem que a mudança de um ano para o outro é simplesmente uma mudança no calendário. Tirando o ano que muda, todo o resto permanece igual: os problemas continuam, as dívidas continuam, as raivas continuam, o descaso continua, as brigas continuam... E realmente, para essas pessoas, isso é exatamente o que acontece. Nada muda além da data do calendário.


Existe também outro tipo de pessoa, aquela que não planeja, não traça metas, não define novos objetivos, não sabe qual é o seu propósito de vida. Preferem ficar na sua zona de conforto. As coisas podem até não estar indo bem, mas não se esforçam para mudar o cenário. São passivos e preferem esperar o acaso acontecer. Estes são diferentes do grupo anterior, não se esforçam para conquistar novas realizações porque estão acomodados em sua zona de conforto. Já os citados no parágrafo anterior, não se esforçam para novas conquistas e transformações porque são incrédulos quanto as mudanças positivas acontecerem em suas vidas.


Mas, felizmente, digo felizmente porque acredito que as mudanças somente acontecem para as pessoas que têm dentro de si um desejo genuíno pela transformação e estão dispostos a pagar o preço pela concretização de seus sonhos, objetivos, metas, permitindo sair da sua zona de conforto. Continuando, felizmente existem aquelas pessoas que vêem o término de um ano e a chegada de outro, como um ciclo que se encerra e uma oportunidade de re-começar um novo ano com outro olhar, nova perspectiva, novas metas, dando novo sentido a sua vida, recebendo este novo ciclo como uma oportunidade de avaliar o que não deu certo e tentar acertar desta vez fazendo algo diferente.


Você que está lendo este texto, acredito que faz parte do grupo dos entusiastas, esperançosos, que almejam por mudanças positivas em sua vida. Que estão em busca de novas realizações, novas conquistas. Que assim como eu, quer aproveitar o ano novo para se inspirar, motivar, definir metas e consegui-las pôr em prática. Tirá-las do papel e fazer a transformação acontecer.


A você, que deseja isso. Meus parabéns! Estamos juntos. Não existe transformação sem ação, sem movimentação, sem transpiração. Então, comece já! Se ainda não parou para escrever suas metas para 2018, reserve um tempo e faça isso. Pense no que quer realizar neste novo ciclo. Coloque no papel. Defina prazos. Se não souber fazer um planejamento, procure aprender. Crie metas que você tenha possibilidade de realizar.


As psicoterapias trabalham baseadas em intervenções diversas que visam a produção de insight ou o despertar do conhecimento de si próprio auxiliando o indivíduo na melhora de sua qualidade de vida e permitindo a produção de mudanças significativas.


As pesquisas sobre psicoterapias realizadas ao longo das últimas décadas apontam que elas levam a mudanças, independentemente da orientação teórica e da modalidade que assumem (individual, grupo, casal ou familiar) (Diniz Neto & Féres-Carneiro, 2005; Nunes & Lhullier, 2003). Esses resultados foram interpretados por alguns autores como evidência de que fatores comuns poderiam explicar esses achados (Arkowitz, 1997; Frank, 1971; Krause et al., 2006; Luborsky, Singer, & Luborsky, 1975; Santibáñez-Fernández et al., 2008). Entende-se por fatores comuns, elementos presentes em quase todas as técnicas psicoterápicas e que repercutem diretamente no tratamento. Esses podem se traduzir como variáveis do paciente, do psicoterapeuta e da qualidade da relação entre ambos (Lhullier, Nunes, & Horta, 2006). Parágrafo retirado do texto Mudança em Psicoterapia: Indicadores genéricos e eficácia adaptativa, escrito por Giovanna Corte Honda e Elisa Medici P. Yoshida.


A relação psicoterapeuta-paciente é fator crucial para o sucesso do tratamento terapêutico. Um ambiente seguro e de intimidade para o paciente é capaz de promover inspiração e encorajamento para ele (paciente) conseguir olhar sua vida com novas perspectivas e esperanças. A psicoterapia é uma viagem que permite grandes transformações. Uma ótima escolha para aqueles que querem mudanças significativas em sua vida e/ou que estão em busca de auto-conhecimento.


Desejo a você um ano de grandes realizações, sucesso, prosperidade. Que seja um ano de oportunidades para você recomeçar tudo que for bom para ti, renovar seus sentimentos positivos, abraçar o futuro com otimismo ao lado de pessoas que te façam querer ser a cada dia um ser humano melhor.


Receba este ano de 2018 com alegria e esperança em seu coração. Vida nova neste novo ano!

Feliz Ano Novo!

Feliz 2018!

Sylbene Bento Parreira Diniz – Psicóloga Clínica

CONTATO

Rua 9-b, 129, Quinto Andar.

Ed. Centro Médico Saulo Lopes D.

Setor Oeste,Goiânia-GO.

​​

Tel: 62-99154-6395

sylbene@yahoo.com

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon

@psi.sylbene 2017

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem