Despertando Talentos


As crenças pessoais tem um poder incalculável em nossas vidas. Tendo ou não consciência dessas crenças, elas têm forte influência sobre aquilo que desejamos e sobre as nossas chances de consegui-lo. Muito destas crenças impende à realização do nosso potencial.

A mudança das crenças individuais, mesmo as mais simples, é capaz de produzir efeitos profundos.

Sim, as pessoas podem ter diferentes temperamentos e aptidões no início de suas vidas, mas o meio em que vivem e o esforço pessoal conduzem-nas significativamente no percurso. Robert Sternberg, o guru da inteligência na atualidade, escreveu que o principal modo de aquisição de conhecimento especializado “não é alguma capacidade prévia e fixa, e sim a dedicação com objetivo.” ( fonte livro: Mindset, a Nova Psicologia do Sucesso).

Embora as pessoas possam ter diferentes talentos, aptidões iniciais, temperamentos, desejos, cada ser é capaz de se desenvolver por meio de dedicação, persistência e disciplina.

Acreditar que é possível desenvolver qualidades desejadas cria um entusiasmo e interesse pelo aprendizado. O desejo pelo desenvolvimento e evolução contínua permite com que ás pessoas prospere em suas vidas, tornando-as mais realizadas e felizes.

Abrir-se para aprender algo novo, desenvolver-se, este é o convide para este novo ano.

Você tem escolha. Mudar sua mentalidade (mindset) e acreditar que pode ir além. Além do que já fez, não porque o que já fez foi pouco, mas sim porque o que já fez, já está feito. É necessário ter sempre novas perspectivas quando as almejadas, no passado, já foram realizadas. Evolução contínua, este é o combustível para uma vida em movimento e com significado.

Todos temos dons, talentos e aptidões que vieram conosco quando nascemos ( dadas por Deus). Você sabe qual é o(s) seu (s)? Sabe como desenvolvê-lo(s)?

Temos a responsabilidade de desenvolver nossos talentos e usá-los da melhor forma possível. Caso não saiba quais são, descubra-os. Dedique-se para desenvolvê-los. Acredite em você, esforce.

“Aquilo que persistimos em fazer torna-se mais fácil de realizar; não que a natureza da tarefa mude, mas nossa capacidade aumenta.” (Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Heber J. Grant, 2002, p. 35).

Vamos juntos!?

Sylbene Bento - Psicóloga e Life Coach

@despertandotalento