Postagens Recentes
Conecte a minha lista para receber publicações.

Vivendo o Propósito de um Relacionamento Próspero



Todo caminho, toda construção, reconstrução, deve começar por uma das partes, e depois a outra parte vai sentindo um “cheiro” diferente no ar, um perfume agradável em você, e isso vai atraí-lo(a). Mas para isso você precisa perseverar, desejar fazer a sua parte primeiro.

Abrir mão de um querer “tentar” somente se os dois forem juntos. Se os dois caminharem juntos é maravilhoso, o ideal. Mas nem sempre o “ideal” é o “real” num mesmo instante. Então, vamos lá, com os dois juntos (o ideal) ou começando por você.

Por onde começar?

Atualmente atendo casais que chegam no consultório de diversas maneiras. Muitos procuram a psicoterapia de casal como o “último” recurso, a “última” chance. A grande maioria destes casais, chegam cansados, perdidos em seus conflitos internos. E quando se permitem serem ajudados, a transformação acontece, como se fosse “mágica”. Mas, claro, não existe mágica. Existe sim, desejo sincero de melhorar a relação e a disponibilidade em “colocar a mão na massa”, cada um segurando e remando com seu "remo".

O casamento não cria nenhum dos seus problemas. O casamento apenas revela o seu problema. Se você é manipulador(a), controlador(a), inseguro(a), possessivo(a), ausente, desinteressado(a) ..., isso será relevado no seu casamento. A boa notícia é que o casamento ajuda a resolver esses problemas. O casamento nos tira da zona de conforto, nos impulsiona a sermos melhores pessoas para conseguirmos conviver com o outro, e isso nos torna melhores para nós mesmos.

A Complementaridade no Casamento

Não nascemos para vivermos sozinhos, temos uma necessidade de convivermos uns com os outros. O isolamento não é algo natural do ser humano.

Nenhuma parceria será tão importante na vida como do próprio esposo e esposa. Nenhuma complementaridade será tão importante quanto a do casamento. Quando o casal entende esse poder que esta parceria tem, a prosperidade em seu lar flui.

O seu cônjuge não é seu concorrente. Você não deve competir com ele. Ele deve ser seu parceiro, seu mais forte e fiel parceiro. Devem remar na mesma direção, ou seja, o propósito da caminhada deve ser o mesmo.

Cada um tem a sua identidade, a sua essência, porém, dentro deste barco chamado casamento, o propósito deve estar alinhado, para juntos remarem na mesma direção.

Aproxime-se do seu parceiro! Valorize seus talentos. Potencialize aquilo que ele(a) tem de qualidades.

Ouse olhar para o positivo ➕. Pare de focar no negativo.

Mude o foco.🎯

A Primavera no Casamento

Essa estação é sempre bem vinda. Conhecida como a estação das flores. Iniciam-se as chuvas e as temperaturas são mais amenas.

Como todo ciclo da vida têm suas fases, dentro do casamento também não é diferente. Inspirando-me nesta chegada da primavera, trago aqui essa reflexão e analogia.

O início de um relacionamento pode ser comparado a estação da primavera. É o momento de começar algo juntos, de projetar algo novo, nova etapa, nova fase. É o momento em que as experiências costumam ser boas, saudáveis. Momento propício para criar raízes no relacionamento. Mesmo quando estão enfrentando dificuldades, seja em qualquer área da vida, os casais que estão nesta estação possuem mais capacidades para vencer os obstáculos.

A primavera é tempo de aprofundar raízes.

Aproveite esta estação quando ela chegar, para que quando as outras estações vierem, as raízes do seu relacionamento estejam firmes e nutridas.

O que eu posso fazer para deixar meu cônjuge feliz?

Você já se fez essa pergunta alguma vez?

Dentro de um casamento, com o passar do tempo, e com a dinâmica da vida corrida e cheias de tarefas, é fácil perder o foco do cuidado com o relacionamento.

Para evitar crises e distanciamentos emocionais é necessário que ambas as partes se empenhem em fazer algo pela outra pessoa.

Uma (o) esposa(o) feliz significa para si viver uma relação feliz, num ambiente harmonioso.

Quando você vive num casamento querendo que o outro te faça feliz, a chance de conflitos na relação é enorme porque a sua felicidade não pode ser responsabilidade do outro, porém, quando você se esforça para fazer o outro feliz, consequentemente, essa atmosfera do bem voltará para você através de atitudes carinhosas por parte do seu companheiro (a).

Caso a outra pessoa, por mais que você faça a sua parte, não reconheça ou não enxergue seu esforço e dedicação, cabe aí o diálogo, uma conversa sincera e firme para tentar fazer o outro enxergar. Se mesmo assim, não resolver, recomendo procurar uma pessoa instruída e de confiança para ajuda-los.

Sugestões para promover momentos felizes com seu cônjuge:

♡ Surpreenda com um presente

♤ Prepare um prato especial

♡ Faça um programa a dois sem as crianças

♡ Pare (de verdade) para escutar com foi seu dia

♡ faça uma massagem especial (se ele (a) gostar)

As 5 linguagens do amor

Somente o amor sincero ao cônjuge não é suficiente. Precisamos saber falar (praticar) a primeira linguagem de amor do outro se quisermos suprir suas necessidades.

No best-seller "As Cinco Linguagens do Amor", Gary Chapman, descreve 5 diferentes formas de comunicar o amor. São elas:

♡ Tempo de qualidade ==》está associado à atenção plena, a olhar nos olhos, a realmente ouvir o que o cônjuge diz. Conversar sem dar atenção, enquanto mexe no celular, por exemplo, é algo que afeta muito a pessoa que possui o tempo de qualidade como sua linguagem de amor primária.

♡ Palavras de afirmação ==》 escutar da boca de seu parceiro ou parceira expressões de incentivo, encorajamento e gratidão é como, literalmente, escutar um “eu te amo” dito de outro modo.

♡ Presentes ==》a pessoa que percebe o amor dessa maneira é aquela que se sente valorizada pelo gesto que há por trás de um presente (está relacionado na intenção por trás de se dar o presente, não no presente em si).

♡ Toque físico ==》 um sutil carinho é a mais perfeita tradução de um “amo você'. Um simples cafuné pode transformar seu dia e fazê-la(o) se sentir amada(o), feliz e valorizada(o).

♡ Serviços ==》 a pessoa se sente amada através do auxílio prestado pelo cônjuge. O simples ato de fazer uma pequena prestação de serviços para seu cônjuge já é muito significativo para quem tem essa linguagem de amor como a primária.

A partir de agora o poder é todo seu.

Você já sabe quais são as cinco linguagens do amor.

Agora é com você. Descubra qual é a linguagem do seu amor e mãos à obra.

Proteja seu Casamento

O atendimento psicoterapêutico com casais foi algo que aconteceu comigo não por um escolha consciente e programada. Casada a mais de 19 anos, com 2 filhos lindos, muitas experiências, superações, vitórias, crescimento. Enfim, com toda essa vivência começou a chegar até mim casais pedindo ajuda. De forma resumida, assim começou essa caminhada dentro do consultório.

Quando se conecta ao propósito de vida, ele começa a comparecer em todas as áreas da sua vida, porque não tem como separa-lo de ti. O propósito "entra" dentro de você.

Por último, quero aqui dizer a vocês casais que estão comprometidos em fazer do seu casamento, do seu relacionamento estável, um relacionamento próspero e feliz, proteja sua união, proteja seu cônjuge, proteja sua casa, proteja sua família. O mundo lá fora tem muitas atratividades que o tempo todo nos convida a "sair" do nosso propósito maior.

Procure olhar para o seu propósito e não tire os olhos dele, para que seu casamento seja firmado na rocha.

Construa um casamento feliz!❤❤

Deus abençoe seu casamento, sua família, seu lar! 🙏❤

Sylbene Bento Parreira Diniz

Psicóloga Clínica

CONTATO

Rua 9-b, 129, Quinto Andar.

Ed. Centro Médico Saulo Lopes D.

Setor Oeste,Goiânia-GO.

​​

Tel: 62-99154-6395

sylbene@yahoo.com

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon

@psi.sylbene 2017

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem